Sobre

The Breeders’ Alliance Co Ltd foi fundada em Junho de 2019 e suas empresas membros incluem as três líderes em melhoramento de uvas de mesa – Sun World International, Grapa Varieties, e Bloom Fresh, (Bloom Fresh foi criada após a aquisição da International Fruit Genetics pelo grupo SNFL em 2023). Os membros da Breeders’ Alliance agora contam com mais de 80% de toda nova plantacao global de uvas de mesa

A Breeders ’Alliance visa proteger os direitos legítimos de seus membros, bem como assegurar os interesses de seus licenciados e distribuidores em todo o mundo contra a propagação e produção não autorizada de variedades licenciadas.

A indústria de uvas de mesa em todo o mundo mudou significativamente nos últimos vinte anos. Variedades “abertas”, como Crimson Seedless e Thompson Seedless, junto com várias outras, estão sendo rapidamente substituídas por novas variedades de alta performance. Essas novas variedades são muito procuradas, pois elas combinam muitas características desejáveis e interessantes para os produtores, como maior produtividade e menor necessidade de mão de obra, além de benefícios para o consumidor, como melhor sabor, textura crocante, juntamente com bom tamanho e cor atraente.

Produtores em todo o mundo, que são licenciados para produzir essas novas variedades, normalmente pagam uma taxa de royalties pelos Direitos de Propriedade Intelectual consignados nessas novas variedades, e esses direitos são protegidos em todo o mundo, seja por meio da legislação de Direitos dos Melhoradoristas de Plantas ou por meio do Sistema de Patentes em alguns países. Muitas vezes, os novos nomes comerciais de variedades também são registrados como marcas comerciais (Trademarks).

Breeders' Alliance: Global Grape Summit, London 2019
Global Grapes Summit, Londres, Reino Unido, Junho 2019
Breeders' Alliance: Global Grape Summit, London 2019
Global Grapes Summit, Londres, Reino Unido, Junho 2019

The Breeders’ Alliance Co Ltd foi fundada por quatro empresas líderes de melhoramento de uvas de mesa: Sun World International, International Fruit Genetics, Grapa Varieties Ltd. e SNFL Group. Juntas, essas quatro empresas correspondem a aproximadamente 80% das novas de variedades de uvas de mesa plantadas em todo o mundo.

A Breeders ’Alliance visa proteger os direitos legítimos de seus membros, bem como assegurar os interesses de seus licenciados e distribuidores em todo o mundo contra a propagação e produção não autorizada de variedades licenciadas.

A indústria de uvas de mesa em todo o mundo mudou significativamente nos últimos dez anos. Variedades “abertas”, como Crimson Seedless e Thompson Seedless, junto com várias outras, estão sendo rapidamente substituídas por novas variedades de alta performance. Essas novas variedades são muito procuradas, pois elas combinam muitas características desejáveis e interessantes para os produtores, como maior produtividade e menor necessidade de mão de obra, além de benefícios para o consumidor, como melhor sabor, textura crocante, juntamente com bom tamanho e cor atraente.

Produtores em todo o mundo, que são licenciados para produzir essas novas variedades, normalmente pagam uma taxa de royalties pelos Direitos de Propriedade Intelectual consignados nessas novas variedades, e esses direitos são protegidos em todo o mundo, seja por meio da legislação de Direitos dos Melhoradoristas de Plantas ou por meio do Sistema de Patentes em alguns países. Muitas vezes, os novos nomes comerciais de variedades também são registrados como marcas comerciais (Trademarks).

Breeders' Alliance: Fruit Logistica 2020
Fruit Logistica, Berlin, Alemanha, Fevereiro 2020

A renda dos royalties é fundamental para que os melhoradoristas continuem financiando o melhoramento e o desenvolvimento de novas variedades para a produção dos frutos exigidos pelo mercado agora e no futuro. O processo de melhoramento é demorado, geralmente levando mais de 15 anos para desenvolver uma nova variedade de sucesso.

Devido ao desempenho superior dessas novas variedades em comparação com as variedades tradicionais mais antigas, alguns produtores e viveiros em todo o mundo foram levados a adquirir material de propagação ilegalmente. Esses produtores e viveiros não autorizados não apenas privam os melhoristas de seus direitos de propriedade intelectual e de sua fonte de renda, mas também ganham uma vantagem competitiva injusta sobre os licenciados de boa fé. Além disso, os infratores comprometem a capacidade os melhoristas de continuar investindo em programas de melhoramento de longo prazo e de alto capital que resultam em novas variedades inovadoras.

A Breeders ’Alliance atua como um fórum que busca aumentar a conscientização de tais violações em todos os segmentos da indústria de frutas. Em nossos esforços para garantir o controle efetivo sobre a origem legal das frutas colhidas de variedades patenteadas, atuamos na fiscalização do comércio nos principais mercados em todo o mundo. Um banco de dados de DNA centralizado permitirá a verificação de identidade de frutas suspeitas para estabelecer a verdadeira identidade da variedade. Quando as infrações são identificadas, os proprios melhoristas tomarão medidas para proteger seus direitos e cessar o uso não autorizado.

A colaboração entre os membros da The Breeders ’Alliance é estritamente limitada à vigilância de seus direitos de propriedade intelectual e atividades relacionadas. Os membros são os únicos responsáveis por suas próprias atividades de licenciamento e fiscalização.

Breeders' Alliance: Fruit Logistica 2020
Fruit Logistica, Berlin, Alemanha, Fevereiro 2020

A renda dos royalties é fundamental para que os melhoradoristas continuem financiando o melhoramento e o desenvolvimento de novas variedades para a produção dos frutos exigidos pelo mercado agora e no futuro. O processo de melhoramento é demorado, geralmente levando mais de 15 anos para desenvolver uma nova variedade de sucesso.

Devido ao desempenho superior dessas novas variedades em comparação com as variedades tradicionais mais antigas, alguns produtores e viveiros em todo o mundo foram levados a adquirir material de propagação ilegalmente. Esses produtores e viveiros não autorizados não apenas privam os melhoristas de seus direitos de propriedade intelectual e de sua fonte de renda, mas também ganham uma vantagem competitiva injusta sobre os licenciados de boa fé. Além disso, os infratores comprometem a capacidade os melhoristas de continuar investindo em programas de melhoramento de longo prazo e de alto capital que resultam em novas variedades inovadoras.

A Breeders ’Alliance atua como um fórum que busca aumentar a conscientização de tais violações em todos os segmentos da indústria de frutas. Em nossos esforços para garantir o controle efetivo sobre a origem legal das frutas colhidas de variedades patenteadas, atuamos na fiscalização do comércio nos principais mercados em todo o mundo. Um banco de dados de DNA centralizado permitirá a verificação de identidade de frutas suspeitas para estabelecer a verdadeira identidade da variedade. Quando as infrações são identificadas, os proprios melhoristas tomarão medidas para proteger seus direitos e cessar o uso não autorizado.

A colaboração entre os membros da The Breeders ’Alliance é estritamente limitada à vigilância de seus direitos de propriedade intelectual e atividades relacionadas. Os membros são os únicos responsáveis por suas próprias atividades de licenciamento e fiscalização.